Office 365 e G Suite: Comparativo de custo-benefício

Entre Office365 e G Suite, qual opção é melhor para aumentar a produtividade da sua empresa? Conheça a lista de custo-benefício das duas.

Em um mundo corporativo cada vez mais competitivo e voraz, ganham pontos na disputa pela preferência dos clientes as empresas que conseguem se comunicar melhor com eles – e, claro, entregar os melhores produtos e serviços.

Isso, no entanto, não é possível sem que as companhias sejam eficazes e produtivas em meio a seus processos diários, e uma forma mais fácil de resolver os gargalos nessa frente é utilizar ferramentas de produtividade dentro da empresa. Para isso, Office 365 e G Suite são duas das melhores opções disponíveis atualmente.

Pense naqueles softwares básicos Microsoft (Excel, Word, PowerPoint), seu email Outlook, e outros serviços que antes você precisava instalar em seu computador, ocupar espaço do seu HD, e compartilhar com terceiros via email, pen-drive, etc…Esses tipos de serviços foram (inteligentemente) passados para a nuvem por empresas como Microsoft e Google, na linha de Software como Serviço (SaaS).

Office 365 e G Suite são conjuntos de ferramentas para a execução de tarefas profissionais comuns, no ambiente de nuvem, permitindo a criação de documentos, planilhas ou apresentações, trocas de emails, agendamento e compartilhamento de calendários, armazenamento de documentos de formatos variados na nuvem, que podem ser compartilhadas com outros membros da equipe em tempo real, onde que que eles estejam no mundo. Enquanto você mexe nos documentos, outras pessoas podem editá-los ao mesmo tempo, e tudo é armazenado em nuvem ao final do processo.

Ambos Office 365 e G Suite também disponibilizam uma plataforma para videoconferência, facilitando a vida das equipes que trabalham de home office ou fazem reuniões com pessoas em outros lugares do mundo.

Os dois serviços também servem para melhorar os índices de produtividade e organização das empresas, seguindo os preceitos básicos de cloud computing, onde o compartilhamento é a palavra de ordem para a entrega mais ágil de tarefas, produtos e serviços.

Mas, em comparação, qual é a melhor: Office 365 ou G Suite? É essa pergunta que pretendo responder nesse texto.

Office 365 e G Suite: diferenciais e benefícios

Para comparar Office 365 e G Suite da forma correta, vamos começar por seus criadores: enquanto o Office 365 é um pacote da Microsoft, o G Suite é criação do Google – e, antes, era conhecido apenas como “Google Apps”.

O Office 365 foi lançado pela Microsoft com a novidade de ser um membro da família Office que, diferentemente dos demais, roda 100% online, sendo a principal estratégia da empresa para trazer os interesses corporativos para o cloud computing.

Enquanto isso, o Gsuite surgiu para lançar uma nova luz à cultura da inovação, trazendo mais uma oportunidade de as empresas confiarem na nuvem do Google, dessa vez para sua organização interna.

No início, Office 365 e G Suite pareciam ter públicos diferentes, já que o produto da Microsoft atraía mais empresas consolidadas enquanto o Google ganhava espaço entre as empresas mais jovens e as startups. Hoje, pelas funcionalidades que oferecem, as duas possibilidades podem ser analisadas por qualquer tipo de empresa, cabendo a cada uma delas como definir a melhor opção para seu perfil.

Em termos de popularidade, o Office 365 espera, segundo a própria Microsoft, ultrapassar os cem milhões de usuários ainda em 2017. Em janeiro desse ano, o Google declarou que se G Suite para Educação tinha mais de 70 milhões de clientes. Os dados mostram que Office 365 e G Suite estão em franco crescimento e esperam conseguir, nos próximos anos, ainda mais fatias de mercado.

As funcionalidades de ambos são bem parecidas (Office 365 e G Suite) tem bons espaços para armazenamento de arquivos, oferecem e-mails corporativos, apps para web e são baseados na criação colaborativa de documentos), e são os pacotes de funcionalidades que definirão os preços a se pagar.

No entanto, o Office 365 oferece mais possibilidades em termos de aplicativos para desktop, permitindo o trabalho off-line em vários editores, como Word, Excel e Power Point. No Gsuite, tudo o que for utilizado depende inteiramente da conexão com a internet e/ou a nuvem.

Os preços de ambos variam entre 5 e 6 dólares para os pacotes mais básicos, chegando a 35 dólares mensais para o pacote empresarial mais robusto, no caso do Office 365, enquanto o Google cobra 20 dólares mensais para o uso de uma versão similar do G Suite.

Office 365 e G Suite: qual é o veredito?

Pelas comparações que fiz, Office 365 e Gsuite são muito interessantes, e a resposta a essa pergunta depende mais da realidade da sua empresa do que de mim e do que eu acho.

Contudo, algumas informações podem te ajudar a tomar essa decisão.

O Office 365 é mais adequado para corporações que já se utilizam de outras soluções da Microsoft, pela familiaridade com o sistema e facilidade de migração de dados de um item Office para outro.

Por outro lado, o G Suite é plenamente mais customizável, independente do tamanho da empresa, o que atrai bastante público que tem fidelidade à inovação desde os mínimos detalhes.

O importante é não deixar de considerar um dos dois para fazer parte da rotina da sua empresa, uma vez que essas ferramentas de produtividade, quando utilizadas de forma estratégica, pode render mais receita, aumentar as vendas e, claro, investimento para seu crescimento contínuo.

Também está considerando uma ferramenta para alavancar o marketing (e consequentemente as vendas) de sua empresa? Não deixe de conferir a nossa última análise na qual comparamos o MailChimp e o GetResponse, que as são as ferramentas mais populares de E-mail Marketing disponíveis hoje no mercado.

Keep reading

More >