Comparativo das principais ferramentas para gerenciamento de projetos

Quais são e o que fazem as principais ferramentas para gerenciamento de projetos em termos de produtividade e organização dentro da empresa.

A falta de organização das tarefas de uma só pessoa ou de variados times não é mais desculpa para justificar a falta de produtividade. Hoje, dezenas de aplicativos e programas atuam na distribuição de etapas de um projeto e monitoramento do andamento geral das atividades. Levantamos algumas das principais ferramentas de gestão de projetos no mercado, com a curadoria do Saulo Arruda, CTO da Gama Academy e referência no assunto.

Dentre as principais ferramentas para gerenciamento de projetos das quais dispomos hoje, separamos e listamos abaixo algumas subcategorias e suas respectivas ferramentas:

Obs: ao final deste artigo você pode baixar gratuitamente o landscape completo com todas as ferramentas mapeadas no estudo.

As ferramentas de gerenciamento de projetos são capazes de ajudar colaboradores, administradores, gestores e equipes inteiras a estabelecer metas de curto, médio e longo prazo, além de coordenar tarefas individuais para a conclusão de todos os tipos de projeto.

Baseados em software e utilização em rede, com interação e backup feitos sempre online, as principais ferramentas de gerenciamento de projetos que citamos trazem às empresas um outro nível de produtividade e, até mesmo, de economia.

Afinal, elas são capazes de mostrar, com o andamento claro dos projetos, onde é possível alocar recursos para que a sequência de atividades seja entregue no tempo certo e com a qualidade esperada.

As principais ferramentas para gerenciamento de projetos em detalhes

Antes que você escolha uma ferramenta de gerenciamento de seus projetos, é recomendável checar cada uma delas através dos seguintes critérios:

  • pode lidar com múltiplos projetos ao mesmo tempo;
  • aloca tarefas dentro dos projetos de maneira organizada;
  • cria prazos e datas de entrega, além de objetivos de produtividade;
  • permite que indivíduos possam gerenciar as tarefas de um time;
  • gera comunicação entre membros de um time;
  • fornece informação clara e dados precisos de cada projeto.

Tomando como base Trello, Asana, Wunderlist e Basecamp para a comparação criteriosa das principais ferramentas de gerenciamento de projetos, vemos que todas elas atendem a esses principais requisitos.

Portanto, são os detalhes que podem definir qual é a melhor opção para a sua empresa ou projeto.

No que diz respeito ao design e UX (User Experience), por exemplo, Trello e Basecamp são os preferidos do público, uma vez que permitem uma interface mais detalhada e minimalista que Wunderlist e Asana.

Dos quatro, apenas o Basecamp, em sua versão Basecamp 3, não permite nenhum tipo de personalização.

Se o seu objetivo é controlar metas, Basecamp e Asana são as melhores opções, enquanto Wunderlist e Trello não dispõem dessa funcionalidade. Aliás, o Trello também deixa a desejar em notificações de andamento: de todos, é o único que não dá o alerta aos usuários se o app estiver fechado.

Quanto às tarefas, as quatro principais ferramentas de gerenciamento de projetos que estamos analisando se comportam de maneira geralmente similar, com apenas duas diferenças: a Wunderlist não permite a marcação de estado de tarefas em aplicativo e o Trello não as classifica por prazos ou prioridades em dispositivos móveis.

Em alguns quesitos importantes da gestão de projetos, todas elas marcam pontos. São eles:

  • a possibilidade de anexar arquivos;
  • o espaço de trabalho colaborativo;
  • a possibilidade de adição de imagens;
  • a criação dos rótulos de tarefas e sua organização;
  • a opção de busca;
  • a possibilidade do compartilhamento de tarefas;
  • a criação de notas em cada atividade;
  • ser compatível com Android e iOS para dispositivos móveis;
  • ter sincronia com a nuvem.

Na possibilidade de não ter anúncios, apenas uma das principais ferramentas de gerenciamento de projetos, que é o Basecamp, ainda exibe propagandas em suas interfaces móveis e de desktop.

Preço das principais ferramentas de gerenciamento

Como muitas outras coisas nessa vida, as principais ferramentas de gerenciamento de projetos que citamos neste texto são freemium, ou seja, são de graça até certo ponto.

Apenas o Wunderlist não pode ser baixado gratuitamente em dispositivos móveis, mas tem experimentação gratuita em desktop, enquanto Trello, Basecamp e Asana podem ser utilizados gratuitamente em qualquer dispositivo e tem tabelas de preço para aumento de volume e funcionalidades, dependendo da utilização de cada empresa.

O Trello começa free e pode ter mensalidades que vão de $9.99 a $20.83, dispondo em suas versões pagas de funcionalidades exclusivas. O mesmo ocorre com Basecamp, que cobra $99 por mês para negócios, mas é para sempre grátis para estudantes e professores e concede 10% de desconto para organizações sem fins lucrativos.

Já o Asana tem um pacote premium a $9.99 e faz preços personalizados para os objetivos de cada empresa. O Wunderlist começa em $4.99 na sua versão Pro e, para empresas, cobra o mesmo valor por usuário.

Essas são as características mais marcantes das principais ferramentas de gerenciamento de projetos internacionais presentes, hoje, em grande parte das empresas brasileiras.

Se você trabalha com metodologia ágil ou, simplesmente, precisa direcionar melhor a produtividade das suas equipes, esses programas podem ser bons aliados para o sucesso dos seus projetos.

Além de uma ferramenta para gerenciamento de projetos, você também precisa selecionar os melhores softwares para as operações dos diversos segmentos de sua empresa, como Sucesso do Cliente e Marketing? Confira os outros textos comparativos da B2B Stack.

Keep reading

More >